Investigações em andamento

 

Concluída minha Tese de Doutorado, apenas arranhei meu objeto de interesse - as cosmogonias da Bíblia Hebraica e seus desdobramentos histórico-traditivos. Vou continuar a pesquisa.

Em minhas pesquisas bíblicas, a primeira coisa que faço é levantar a(s) palavra(s)-chave em toda a Bíblia Hebraica. Chamo esse procedimento de “levantamento semântico-fenomenológico”. Usei-o em minha Tese de Doutorado, e o procedimento foi muito elogiado, principalmente por Haroldo Reimer e Ludovico Garmus. De fato, não imagino uma pesquisa bíblica que não se faça anteceder por um levantamento desse tipo.

O objetivo é reconstruir histórico-arqueologicamente o ambiente cultural em que gravita cada ocorrência do termo, e ,assim, poder sair de minha cultura e transportar-me, metodologicamente, para a perspectiva de pensamento dos envolvidos com a redação e recepção imediata da narrativa. Sou como o historiador a que se referiu Bloch, que é como o ogro da lenda – onde estiver carne humana, aí está a minha caça. Não estudo a Bíblia Hebraica – como a carne daqueles que a escreveram.

Decidi permitir que os leitores interessados acompanhem minha rotina de trabalho. Aqueles que desejarem seguir uma carreira exegética (advertência: a minha ainda mal começou) e considerarem interessante observar-me, penso proporcionar uma forma indireta de acesso ao meu método de trabalho. Fique à vontade para observar..

Fique à vontade, também, para interagir. Pode mandar-me e-mail ou deixar comentários em meu livro de visitas.

 

Bünê ´ädäm – os “filhos de Adão” na Bíblia Hebraica (11/05/2009)

Bünê ´îš – os “filhos de homem” na Bíblia Hebraica (16/05/2009)

Ben-´ädäm – o “filho de Adão” na Bíblia Hebraica (18/05/2009)

 

 

 

 

© Osvaldo Luiz Ribeiro

– autorizado uso pessoal, desde que com citação da fonte e sem alterações no texto –

– página atualizada em 16/08/2009 10:53:40